O primeiro programador foi uma mulher: Ada Lovelace

EM Mulheres na tecnologia · 11 jul 2017 · Permalink

Ada Lovelace

Você já ouviu falar muito de Steve Jobs, Bill Gates, Mark Zuckerberg e provavelmente andou topando com Alan Turing nos últimos anos. E Ada Lovelace, você conhece? Ela é considerada a primeira programadora da história. Sim, “olha, uma menina!”.

Ada escreveu o primeiro algoritmo para computador cerca de 100 anos antes dele ser de fato inventado. Nascida em 1815, é a única filha legítima do poeta Lord Byron, fruto do relacionamento com a matemática Anne Isabella “Anabella”. Os dois se separaram quando ela era um bebê, e sua mãe fez o possível para manter a filha longe das “tendências poéticas” do pai. O sucesso não foi completo. Educada para a matemática e a lógica – algo incomum para as mulheres da época –, Ada também demonstrava uma veia artística.

Aos 17 anos, conheceu Charles Babbage, um dos pais da computação, com quem trabalhou no projeto da Máquina Analítica, nunca construída por completo. Ao traduzir um artigo do italiano Luigi Menabrea sobre o engenho de Babbage, Ada acrescentou notas de sua autoria – três vezes maior do que o artigo original –, propondo aplicações práticas para o equipamento. Seu adendo, um algoritmo para calcular a equação de Bernoulli, é apontado como o primeiro programa de computador. Há controvérsias que afirmam que Babbage já teria escrito programas com outros assistentes (antes, ele havia projetado a Máquina Diferencial) ou sido o real autor das ideias, mas o trabalho de Ada foi o primeiro a ser publicado e o cientista chegou até a apontar correções feitas pela pupila em seus próprios cálculos, legitimando a história.

Nascida Ada Augusta Byron, ganhou o sobrenome King e o título de Condessa de Lovelace do seu casamento com William King. De Babbage, recebeu a alcunha de “A Encantadora de Números”. Ela é uma das maiores inspirações femininas da ciência, ganhou uma linguagem de programação de alto nível com seu nome na década de 1980, e há uma data em sua homenagem: o Ada Lovelace Day, a segunda terça-feira de outubro. Ada morreu aos 36 anos, vítima de câncer no útero, deixando um grande “e se?” sobre o que poderia ter criado com mais tempo.

Essa é só uma versão curtinha de uma grande história. Pesquise mais e inspire-se! 🙂

1 Comentário

  1. Muito legal…. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *